inhame

Inhame: Os Benefícios para a Saúde da Mulher

Você já ouviu falar em elixir de inhame? O extrato do tubérculo…

Você já ouviu falar em elixir de inhame? O extrato do tubérculo não é coisa nova, existe há décadas mas recentemente tem se falado muito sobre seus benefícios para a saúde feminina.

Mas o elixir de inhame emagrece? “Limpa” o sangue? Ajuda a prevenir a acne? Tem efeitos colaterais? Como, de fato, ele pode ajudar na nossa saúde?

Como é um tubérculo, da mesma forma que a batata, é ótimo para repor as energias, pois é fonte de carboidratos. Mas ao contrário da batata, o inhame não aumenta a glicose no nosso sangue.

Se consumido como alimento, por ser fonte de fibras, o inhame é ótimo para quem quer fazer dieta. Tem também pouca gordura, ajuda a reduzir o colesterol LDL, e possui bastante potássio, importante para controlar a pressão arterial, então também faz bem ao coração.

Fonte de vitamina C e vitaminas do complexo B, o inhame também ajuda a proteger o nosso corpo, fortalecendo o sistema imunológico.

Inhame e a Saúde da Mulher

Especificamente para nós, mulheres, o inhame pode ajudar a diminuir as temidas cólicas, já que o magnésio nele favorece o relaxamento da musculatura.

No formato de elixir, o inhame possui propriedades antidiuréticas, “limpando” o organismo com a eliminação de toxinas no suor e urina.

Mas como não se trata de um medicamento, o elixir não deve ser utilizado como forma de tratar doenças, mesmo acne. Além disso, alguns especialistas não recomendam o consumo do inhame durante a gestação. Por isso, sempre busque a orientação de um médico antes.

A pedido do seu médico, faça seus exames de rotina em um laboratório que tem décadas de trabalho dedicado à saúde feminina. Você pode pré-agendar seus exames no Femme – Laboratório da Mulher pelo telefone 11 3050 9043, pelo site ou pelo aplicativo para Android e iPhone.

 

Photo credit: Artur “tCk” Corumba on Visualhunt / CC BY-NC-SA

detox pascoa

Detox Páscoa – Elimine os Excessos da Páscoa

Tem quem consiga resistir, mas a maioria de nós acaba exagerando com…

Tem quem consiga resistir, mas a maioria de nós acaba exagerando com o chocolate e outras delícias da Páscoa, como o bacalhau, e depois precisa de um detox pra deixar o organismo mais leve.

Mas quais os problemas que esses excessos podem causar ao nosso corpo? O chocolate é rico em açúcar e gordura. Um ovo de 250 gramas de chocolate ao leite pode ter, em média, 1.300 calorias, e o consumo exagerado da guloseima pode causar até mesmo uma infecção alimentar.

Já o peixe, mesmo sendo uma carne mais saudável que a vermelha, também pode trazer muitas calorias e gordura, dependendo dos acompanhamentos do prato. Muitas receitas com bacalhau, por exemplo, contêm creme de leite, azeite, manteiga, ingredientes bem pesados.

Dicas para o Detox Páscoa

Por isso, é importante que a gente faça algumas coisinhas durante a semana, tomemos algumas atitudes, para reequilibrarmos nosso corpo, eliminando toxinas.

Uma das coisas que podem ser feitas são exercícios para queimar as calorias extras que a ganhamos na Páscoa. A dica é combinar exercícios aeróbicos com musculação, já que aumentando a massa magra aceleramos o metabolismo do corpo. Mas, importante, se você não faz exercícios regularmente, procure orientação com seu médico antes de começar.

Alimentação equilibrada, antes e depois da Páscoa, é importante. Alimentos orgânicos, frutas, legumes e verduras também ajudam a desintoxicar.

E, além disso tudo, existem os famosos sucos detox, bebidas com ingredientes que possuem propriedades que facilitam a eliminação de toxinas. Quer aprender um suco especial para o pós-Páscoa?

O Suco Detox Verde combina ingredientes diuréticos e fibras, que vão combater a retenção de líquidos, repor sais minerais e estimular o bom funcionamento do intestino.

Para preparar o suco é simples. Você vai precisar de:

  • água de coco (150ml)
  • 1 maçã (com casca)
  • folhas de couve e hortelã (a gosto)

Basta bater os ingredientes no liquidificador e coar o suco antes de beber.

E lembre-se, para se certificar que seu organismo está 100%, visite seu médico e, a pedido dele, faça exames.

Você pode pré-agendar seus exames no Femme – Laboratório da Mulher, que tem mais de 30 anos de dedicação à saúde feminina, pelo telefone 11 3050 9043, pelo site ou pelo aplicativo para Android e iPhone.

 

Photo credit: Robert Gourley on Visualhunt / CC BY

ansiedade

Ansiedade Afeta Mais Mulheres do que Homens

A ansiedade é um mal do mundo moderno, em que nós precisamos…

A ansiedade é um mal do mundo moderno, em que nós precisamos estar alertas o tempo todo, ligadas no mundo, no trabalho, na família… São tantas as preocupações que muitas vezes nos esquecemos de nossa saúde e nossa qualidade de vida.

Um estudo recente da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, afirma que nós mulheres temos duas vezes mais chance de sofrermos com ansiedade do que os homens.

De acordo com os pesquisadores, apesar de atingir todos os gêneros e faixas etárias, a ansiedade afeta de forma desproporcional mulheres e pessoas com menos de 35 anos.

 

ANSIEDADE E PROBLEMAS DE SAÚDE

A preocupação excessiva, que pode levar a pessoa a fazer mudanças em seus hábitos sociais, pode ser um dos sinais de ansiedade, que também está associada a problemas de saúde como diabetes e hipertensão.

O perigo é real. Metade das mulheres brasileiras que trabalham em ambientes corporativos sofrem de estresse. Como lembra o Prof. Dr. Roberto Cardoso, coordenador do Núcleo do Propósito no Femme – Laboratório da Mulher, nós estamos mais suscetíveis ao problema porque, em algumas situações, precisamos nos moldar ao modelo masculino imposto pelo mercado de trabalho.

 

Por isso, siga algumas dicas para evitar o estresse no trabalho:

  • De olho nos sinais do corpo – cansaço em excesso, irritabilidade, problemas de concentração e memória;
  • Qual é a fonte do estresse? Identifique-a para poder trabalhar melhor o problema;
  • Busque o diálogo – a solução para uma questão que pode parecer impossível de resolver pode estar em uma comunicação melhor com colegas de trabalho;
  • O trabalho não pode ocupar toda a sua vida. Busque um hobby, um esporte, saia com as amigas;
  • Atividades físicas ajudam a descomprimir a pressão do dia a dia, e nem precisa de academia. Uma caminhada já ajuda;
  • Durma bem e bastante. Nem todos conseguem, mas o ideal é tentar dormir as 8 horas recomendadas;
  • Proteja seu sistema imunológico. Procure alimentos ricos em vitamina C e zinco, como feijão e iogurte.

Também é fundamental que você mantenha-se em dia com seus exames periódicos. Pré-agende no Femme – Laboratório da Mulher, pelo site, telefone (11 3050-9043) ou aplicativo para smartphones Android, iPhone ou iPad.

 

Foto Crédito: amenclinics_photos on Visualhunt.com / CC BY-SA

gula

Dia da Gula

Sabia que neste dia 26 é comemorado o Dia da Gula? Mas…

Sabia que neste dia 26 é comemorado o Dia da Gula? Mas não se trata de um dia para se empanturrar até passar mal, pelo contrário! A data foi criada para conscientizar as pessoas sobre o distúrbio alimentar. A gula é como qualquer outro vício.

 

Estudos relacionam a compulsão por comida ao psicológico, pessoas que sofrem com este problema geralmente comem exageradamente como forma de compensação para algum tipo de frustração, já que o mecanismo que gera a sensação de apetite é controlado pelo cérebro.

 

Isso significa que você deve ficar atenta caso a vontade de comer se torne uma coisa exagerada, sem controle. Afinal, a gula pode levar a problemas de saúde bem graves, como a obesidade e doenças cardiovasculares.

 

gula

 

gula: EXCESSOS

 

Lembra daquele ditado, “tudo em excesso faz mal”? Então, amiga, comer é fundamental para a nossa sobrevivência, mas tanto na alimentação, como em outros aspectos da nossa vida, é importante buscar o equilíbrio.

 

Ingerir algum alimento, em pequenas quantidades, a cada três horas, é daquelas dicas que ajudam a inibir a vontade excessiva de comer. Que tal uma fruta?

 

Outra recomendação, que faz bem para o corpo por diversos motivos, é manter-se hidratada, beba cerca de dois litros por dia.

 

E para finalizar, a qualquer sinal de problema de saúde, procure seu médico. A pedido dele, faça seus exames em um laboratório com décadas de dedicação à nossa saúde: Femme – Laboratório da Mulher. Você pode pré-agendar seus exames no Femme a qualquer hora e em qualquer lugar, pelo site ou app para Android e iPhone.

 

setembro vermelho

Setembro Vermelho: Um Mês para Cuidar do Coração

Certamente você deve ter ouvido que este é o Setembro Vermelho. Mas…

Certamente você deve ter ouvido que este é o Setembro Vermelho. Mas o que isso significa? A campanha foi criada em 2014 pelo Instituto Lado a Lado Pela Vida para educar sobre a prevenção de doenças cardiovasculares.

E o mês de setembro foi escolhido porque no dia 29 é celebrado o Dia Mundial do Coração.

Você sabia que, entre nós mulheres, os problemas cardíacos têm aumentado muito? As doenças do coração representam 30% das causas de morte entre mulheres com mais de 40 anos. Matam mais do que o câncer ginecológico. Estima-se que, no mundo, 8,5 milhões de mulheres morram por causa de cardiopatias.

O Prof. Dr. Roberto Cardoso, especialista em Medicina Fetal e coordenador do Núcleo de Propósito no Femme – Laboratório da Mulher, evidenciou isto durante painel na Campanha da Saúde da Mulher 2015.

“Quando eu fiz medicina, a relação de infarto entre homens e mulheres era de 9 para 1, 10 para 1. Hoje é de 2 para 1, 3 para 1”, afirmou Dr. Roberto.

 

Então, amiga, fique atenta para a prevenção. Separamos algumas dicas de hábitos para você manter a saúde do seu coração.

setembro vermelho

Sete hábitos para manter o coração saudável

A OMS (Organização Mundial da Saúde) tem sete recomendações para você prevenir doenças cardíacas:

 

  1. Não fumar;
  2. Não seja sedentária: pratique exercícios;
  3. Cuidado com o excesso de peso. O ideal é IMC (índice de massa corporal) entre 20 e 25;
  4. Fique de olho na pressão arterial. Meça com frequência;
  5. Adote uma dieta balanceada. Evite sal, açúcar e gordura em excesso;
  6. Controle o colesterol. Cuidado com alimentos ricos em gordura saturada ou gordura trans;
  7. Atenção à glicose para prevenir a diabetes.

Não deixe de se consultar com seu médico regularmente e faça seus exames de rotina em um local com alta tecnologia e atendimento humanizado. Faça seu pré-agendamento no Femme – Laboratório da Mulher, através do nosso site, telefone (11 3050-9043) e aplicativo para Android e iOS.

 

Festa Julina

Alimentação saudável e festas julinas combinam?

Com o inverno brasileiro chegam também as quermesses, festas juninas e julinas…

Com o inverno brasileiro chegam também as quermesses, festas juninas e julinas com sua música, brincadeiras, danças e, claro, guloseimas!

Difícil ficar longe de paçocas, pés-de-moleque, pamonhas, pipoca, curaus, canjicas, bolos de fubá ou de mandioca, queijadinhas, pinhões, doces de batata-doce, entre outras delícias.

Por isso, fomos atrás de orientações com o Dr. Paulo Olzon, infectologista parceiro do Femme – Laboratório da Mulher e, no final do texto, aprenda três receitas de versões mais light das gostosuras julinas.

Doutor, dieta e festa julina combinam? Há alimentos de quermesse menos calóricos?

É melhor nessa época do ano dar uma relaxada na dieta. Na verdade algumas coisas podem não atrapalhar tanto, como evitar doces que são servidos nessa época, que contém o açúcar, um carboidrato simples que pode aumentar o peso e também a fome. Nesta época são servidos muitos doces. Obviamente a pipoca não é tão ruim, assim como o amendoim e o milho assado ou cozido.

 

E sobre a ingestão de bebidas quentes com álcool (quentão e vinho quente)? Elas diminuem de fato a sensação de frio no corpo? E aumentam a ressaca?

O quentão, assim como o vinho quente ou outros destilados provocam uma vasodilatação da pele, provocando uma sensação de esquentamento e calor. A ressaca se deve ao excesso de ingestão de bebida alcoólica.

 

É preciso ter cuidados especiais com a alimentação das crianças em quermesses, dr. Paulo?

Não há cuidado especial para as crianças. Como isso só acontece uma vez ao ano, o melhor é deixar a criançada à vontade, comer o que quiser.

 

Receitas para uma festa julina mais leve

festa julina comidas

Pé-de-moleque sem açúcar refinado

INGREDIENTES: ½ xícara de açúcar de coco; ½ xícara de melado de cana; 1 xícara de água; 1 xícara de castanha-de-caju; ½ xícara de amêndoas; óleo de coco.

Junte o açúcar de coco, o melado e a água em uma panela, aquecendo em fogo baixo até virar uma calda, daí acrescente os outros ingredientes e mexa até engrossar. Unte uma forma com óleo de coco e despeje a mistura; depois, deixe por uma hora na geladeira. Pronto! É só cortar e comer.

Bombocado de fubá sem glúten

INGREDIENTES: 2 ovos sem pele da gema; 1 xícara de chá de farinha de arroz sem glúten; 1 xícara de chá de stevia; 1 xícara de chá de fubá orgânico; ½ xícara de chá de óleo de coco; 1 xícara de chá de água; 3 colheres de sopa de coco ralado; 1 colher de sopa de fermento em pó.

Separe o fermento e bata todo o resto no liquidificador até virar uma massa homogênea. Depois acrescente o fermento e bata um pouco, só para misturá-lo. Coloque em uma assadeira no forno a 180º C por cerca de meia hora. Depois é só esperar esfriar e cortar.

Quentão de hibisco sem álcool – diurético e funcional

INGREDIENTES: 1 xícara de chá de hibisco desidratado; 2 colheres de sopa de gengibre ralado; 2 maçãs picadas; 2 colheres de sopa de açúcar de coco; ½ casca de laranja; cravo e canela a gosto.

Ferva dois litros de água e coloque os ingredientes, deixando-os na fervura por mais 15 minutos.

 

Alimentação e saúde caminham juntos. Não deixe de se consultar com seu médico regularmente e faça seus exames de rotina em um local com alta tecnologia e atendimento humanizado. Faça seu pré-agendamento no Femme – Laboratório da Mulher, através do nosso site, telefone (11 3050-9043) e aplicativo para Android e iOS.

 

nutrição

Dia Nacional da Nutrição

Você é o que você come. O Dia Nacional da Nutrição faz…

Você é o que você come. O Dia Nacional da Nutrição faz parte do calendário oficial do Ministério da Saúde para promover ações que nos levem a refletir sobre nossa alimentação diária e seu reflexo na nossa qualidade de vida.

E a não ser que seja por recomendação médica, você não precisa fazer mudanças drásticas na sua alimentação. A palavra-chave é equilíbrio, equilibrar a dieta. Ninguém precisa, seu corpo certamente não, comer fritura sete dias por semana, por exemplo. Que tal um grelhado ou uma salada no almoço de vez em quando?

Você pode também trocar refrigerantes e sucos industrializados por um suco natural ou uma refrescante água de coco. Além disso, você pode substituir uma sobremesa por uma fruta.

São pequenas escolhas que podem fazer muita diferença no seu futuro. E se quiser modificar profundamente sua dieta, procure antes a orientação de um especialista na área.
Fique atenta com a sua saúde. Consulte seu médico e faça seus exames periódicos no Femme – Laboratório da Mulher. Pré-agende pelo nosso site ou pelo aplicativo, disponível para Android e iPhone.

controle-do-colesterol

O controle do colesterol para uma vida saudável: a sua

Uma semana corrida, repleta de atividades e afazeres pode acabar deixando de…

Uma semana corrida, repleta de atividades e afazeres pode acabar deixando de lado o que deveríamos dar prioridade, que é a nossa saúde e bem-estar. Mas infelizmente, só percebemos isso quando somos desprovidos de disposição para fazer qualquer coisa. Não devemos esquecer nossa existência depende de estarmos saudáveis para realizarmos o que desejamos.

Cuidar do seu coração é fundamental para prevenir problemas maiores, que quando detectados tarde demais, podem ser fatais e irreversíveis. O colesterol alto, por exemplo, é um dos principais responsáveis por doenças cardiovasculares, como o infarto e o AVC. Daí a necessidade de mantê-lo sob controle e recorrer a um médico quando necessário.

Mudanças saudáveis são bem-vindas, inclusive para o coração. E a redução do colesterol pode ser obtida através da prática de exercícios físico, como ioga, pilates, caminhada, dança entre outras atividades.

Uma alimentação balanceada também é fundamental para você se sentir bem. E ingerir alimentos que ajudam no controle do colesterol é fundamental para você andar com a saúde em dia e evitar surpresas desagradáveis. Confira abaixo alguns alimentos indispensáveis a sua saúde:

Peixes: considerado uma importante fonte de ômega 3, ajuda a reduzir o risco de formação de coágulos e previne doenças cardiovasculares.

Nozes e castanhas: contém antioxidantes que combatem o envelhecimento celular e previnem doenças coronárias.

Azeite: contem ácido oléico, um regulador das taxas de colesterol e ajuda a proteger contra doenças cardíacas.

Laranja: estudos indicam que os flavonoides (substâncias antioxidantes da fruta) diminuem o colesterol ruim no organismo e limitam a absorção do colesterol no intestino.