pH Íntimo vaginal

A relação entre o pH íntimo e a flora vaginal

Provavelmente você já ouviu falar em pH íntimo ou pH vaginal, mas saberia dizer qual a sua importância? pH é uma sigla para o termo “potencial Hidrogeniônico”, responsável por medir o grau de acidez do corpo humano. Ele é um dos indicadores usados para analisar se o organismo está funcionando adequadamente, inclusive em áreas íntimas. No que diz respeito ao pH vaginal, por exemplo, ele atua como um termômetro da saúde.

Para ilustrar melhor a percepção do pH, vale, antes, compreender que no organismo da mulher habitam bactérias benéficas que são importantes para a saúde. Isso dá origem a uma proteção natural chamada de flora vaginal, conhecida por contribuir para uma grande força imunológica e evitar a proliferação de bactérias nocivas à saúde feminina. No entanto, é preciso atenção, porque é uma região que está suscetível a sofrer com desequilíbrios que alteram o pH, o que pode abrir espaço para diversas doenças.

Alguns desses desequilíbrios acontecem naturalmente durante o ciclo menstrual e voltam ao normal depois, mas outros são causados por diversos fatores.

Saiba quais são eles:

  • Uso de antibióticos;
  • Higiene inadequada;
  • Disfunções hormonais;
  • Níveis altos de açúcar no sangue;
  • Alterações no colo do útero;
  • Redução no nível de estrogênio;
  • Excesso de peso;
  • Relações sexuais pênis/vagina;
  • Exposição a umidade e suor.

Se você quiser saber mais sobre as consequências do desequilíbrio da flora vaginal, converse com o seu médico e tire todas as dúvidas.

1 comentário em “A relação entre o pH íntimo e a flora vaginalAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *