mulheres e o stress

O stress pelo Brasil: Causa do Infarto em Mulheres

Uma pesquisa da SulAmérica Saúde feita em 2009 em 12 estados brasileiros revelou um dado preocupante: 51% das mulheres no meio corporativo sofrem de stress.

Segundo o Prof. Dr. Roberto Cardoso, especialista em Medicina Fetal e coordenador do Núcleo do Propósito no Femme – Laboratório da Mulher, nós estamos mais suscetíveis ao problema porque, em algumas situações, precisamos nos moldar ao modelo masculino imposto pelo mercado de trabalho.

Outra razão, de acordo com o médico, seria o modo como algumas pessoas lidam com o stress. A demora para percebermos o problema e desenvolvermos mecanismos – estratégias de coping – para enfrentá-lo.

Isso levou a um aumento nos casos de infarto em mulheres no Brasil. “Quando eu fiz medicina, a relação de infarto entre homens e mulheres era de 9 para 1, 10 para 1. Hoje é de 2 para 1, 3 para 1,” afirma o especialista.

SINTOMAS DE STRESS EM MULHERES

Os sintomas de infarto em mulheres são mais específicos e não se limitam a dores no peito. Se você sentir queimação ou pontadas, agulhadas no peito, ou falta de ar sem dor por mais de 20 minutos, deve procurar uma unidade hospitalar de pronto atendimento para investigar as causas. A pessoa com suspeita de infarto pode apresentar ainda vômitos, suor frio, fraqueza intensa e palpitações.

COMO EVITAR O STRESS

Existem formas de evitar o stress, especialmente no ambiente de trabalho. Uma delas é identificar a fonte do nervosismo como meio de trabalhar melhor o problema. Outra é aprender a delegar tarefas, não querer centralizar tudo. Clique aqui e confira outras dicas.

Verifique se sua saúde está em dia. Para isso, faça seus exames periódicos no Femme, o laboratório com décadas de trabalho dedicado às mulheres. Faça o pré-agendamento no nosso site.

Saiba mais:   Saúde.

1 comentário em “O stress pelo Brasil: Causa do Infarto em MulheresAdicione o seu →

Comentário está encerrados. Você não pode adicionar novos comentários.

  1. Oi pessoal
    Esse site é mesmo surpreendente, queria dar os parabéns pelo trabalho de vocês.
    Sempre é bom obter novos conhecimentos, obrigado 😉