A young pretty woman holding a pair of tweezers and a razor, not knowing how to remove excess hair on her face.The concept of getting rid of unwanted hair.

Entenda mais sobre o hirsutismo

Nós entendemos que o nome “hirsutismo” pode causar certa estranheza, mas infelizmente ele é um problema presente na vida de grande parte das mulheres. Trata-se de uma disfunção que afeta mulheres, especialmente em idade fértil ou após a menopausa. A sua principal manifestação é o crescimento excessivo de pelos em áreas do corpo feminino segundo os padrões típicos dos homens. Por exemplo: na área da barba, acima do lábio superior, ao redor dos mamilos, na região do tórax, do baixo abdômen, nas nádegas e na parte interna das coxas.

Tratar o hirsutismo pode variar de acordo com a causa e com outros problemas que possam estar associados a ele. O seu objetivo é combater o excesso de hormônios masculinos, caso exista, ou mesmo bloquear a sua ação na estrutura que dá origem ao pelo. Sendo assim, os resultados só começam a aparecer em um período entre três e seis meses.

Entre os métodos utilizados para a remoção dos pelos há: a raspagem, a depilação com cera ou cremes depilatórios, a utilização de pinças, eletrólise e depilação com laser, sendo essas duas últimas técnicas mais duradouras para evitar o surgimento de pelos. A escolha do procedimento pode ser discutida com o médico dermatologista.

Recomendações: a determinação de medicamentos deve ficar somente a cargo de um médico, já que muitas drogas são contraindicadas por seus efeitos adversos. Até mesmo a eletrólise, a fotodepilação e a depilação a laser, consideradas procedimentos seguros para o tratamento do hirsutismo, são contraindicadas para mulheres com diabetes mellitus, hipertensão arterial, doenças de pele e durante a gravidez, por exemplo.

IMPORTANTE: somente médicos podem diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios.

Cuide de você e se mantenha saudável em qualquer estação do ano.

1 comentário em “Entenda mais sobre o hirsutismoAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *