DSTs: prevenir é um ato de amor

DSTs: prevenir é um ato de amor

Hoje em dia as Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs) geram menos medo do que há algumas décadas porque, felizmente, houve avanços nos exames diagnósticos e na indústria farmacêutica que proporcionaram melhorias nos tratamentos e na qualidade de vida das mulheres que sofrem com essas infecções.
Por outro lado, esta espécie de “alívio” deixou a população um tanto quanto despreocupada e deixando de se proteger durante o sexo, com isso houve um aumento considerável no número de pessoas infectadas com os agentes das DSTs: HPV, HIV, Hepatites B e C, Clamídia, Gonorreia e Sífilis.

A prevenção ainda é a melhor forma de evitar essas doenças. Veja algumas dicas:

  • Use preservativos, sempre!
  • Mantenha as vacinações em dia. Elas garantem a prevenção contra o HPV e a Hepatite B.
  • Não compartilhe objetos íntimos.
  • Evite compartilhar objetos como escova de dentes, lâminas, itens cortantes etc.
  • Faça exames de sorologias regularmente, principalmente se tiver múltiplos parceiros sexuais.

Veja os exames disponíveis no Femme

Referências:

https://www.febrasgo.org.br/pt/noticias/item/565-numero-de-infeccoes-sexualmente-transmissiveis-ist-aumenta

http://legado.brasil.gov.br/noticias/saude/2018/02/quatro-dicas-para-se-prevenir-das-doencas-sexualmente-transmissiveis

https://portaldacoloproctologia.com.br/sua-saude/prevencao-das-doencas-sexualmente-transmissiveis-dsts/

1 comentário em “DSTs: prevenir é um ato de amorAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *