Calvície feminina: saiba mais sobre o tema e como tratá-la

Calvície feminina: saiba mais sobre o tema e como tratá-la

A perda de cabelos é uma das principais preocupações estéticas, tanto para homens quanto mulheres, e pode estar associada tanto a fatores exógenos, que são causas externas ao corpo, como endógenos, aqueles gerados pelo próprio organismo. A calvície feminina pode abalar emocionalmente, causando ansiedade, baixa autoestima e tristeza, que, por sua vez, podem agravar o quadro, dependendo do motivo que leva a mulher a desenvolver essa perda acentuada de cabelos.

Pode haver inúmeros motivos associados à calvície, e somente um profissional será capaz de identificar. Confira agora as principais causas da calvície feminina:

Fatores genéticos

A alopecia androgênica, ou androgenética, é a calvície determinada por padrões genéticos, ou seja, é uma condição herdada do pai ou da mãe, ou mesmo de ambos. Esse tipo de calvície se manifesta geralmente de maneira progressiva, podendo ter início logo após a puberdade, quando os hormônios sexuais começam a ser produzidos, e evoluir ao longo da vida, tendo sua fase mais crítica após a menopausa, quando ocorre a diminuição dos hormônios femininos.

Fatores hormonais

A tireoide, uma importante glândula que produz substâncias indispensáveis para o funcionamento de todo o corpo, pode estar desregulada, e com isso, o corpo sofre com vários sinais e sintomas.

Fatores nutricionais

Deficiências de nutrientes são importantes causas de queda e enfraquecimento dos fios. Dentre elas, são destacadas a anemia, que é a diminuição de ferro na corrente sanguínea, e a carência de vitaminas e de minerais, indispensáveis para que os fios nasçam, cresçam e se mantenham o tempo necessário no bulbo capilar.

Fatores emocionais

Dentre as causas mais comuns para a perda acentuada de fios de cabelo estão o estresse e a depressão. Outras manifestações orgânicas que envolvem o funcionamento geral do corpo podem causar a calvície ou contribuir com ela, tais como o uso de certos medicamentos, a interrupção do uso de anticoncepcionais e a alimentação inadequada.

1 comentário em “Calvície feminina: saiba mais sobre o tema e como tratá-laAdicione o seu →

  1. Fui muito bem atendida! Estava precisando de carinho e recebi desde a recepção até a saída dos exames! Já estou fazendo propaganda do laboratório FEMME para minha família e amigas! Muito agradecida!!! 👏👏👏😘😘😘🌹🌹🌹 e parabéns a toda equipe de MULHERES GUERREIRAS!!! 🛐🛐🛐

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *