mulher stress no trabalho

Problemas pouco conhecidos causados pelo estresse: Atriz perdeu dentes

Em entrevista recente ao talk show do apresentador Jimmy Fallon, a atriz…

Em entrevista recente ao talk show do apresentador Jimmy Fallon, a atriz Demi Moore, conhecida por “Ghost – Do Outro Lado da Vida” e “As Panteras – Detonando”, revelou que o stress a levou a perder dentes da frente da boca.

“Adoraria dizer que foi andando de skate ou algo assim bacana, mas de todo modo acho importante compartilhar a causa, que, depois do coração é um dos principais assassinos dos EUA: o estresse.”

demi moore - dentes - stress

Símbolo sexual em filmes como “Striptease”, a estrela de 54 anos, que já foi casada com Bruce Willis e Ashton Kutcher, disse que a situação a deixou mais “humana” e “vulnerável” e que suas filhas se divertiram com seu novo ‘look’.

Mas será que isso é comum? Será que outros problemas de saúde, que aparentemente não têm relação alguma, são provocados pelo estresse?

Em busca destas respostas, a gente procurou o Dr. Roberto Cardoso especialista em Medicina Fetal e coordenador do Núcleo do Propósito no Femme – Laboratório da Mulher.

Doutor, existem outros problemas pouco conhecidos que podem ser ocasionados pelo stress?

Sim. Poderíamos dizer que mesmo que um problema de saúde não seja causado pelo estresse, qualquer problema pode ser agravado pelo estresse. Podemos ter inclusive, redução da libido, impotência sexual e até aumento de peso.

E o que seria o coping, como ele pode auxiliar quem sofre com o estresse?

O coping é aquilo que você faz conscientemente para administrar o estresse, quando você se percebe estressado. Se você está estressado e dorme demais ou bebe demais, sem nenhuma consciência, isso é uma reação inadequada ao stress. Mas se você se percebe estressado e, conscientemente, vai fazer uma atividade que você já sabe que reduz o nível de estresse [isto é o coping]. Outra face do coping seria, após reduzir o nível de ansiedade, buscar a resolução do problema que ocasionou o estresse. Muitos chamam esta segunda etapa de “enfrentamento”, mas eu prefiro chamar de resolução consciente e equilibrada.

Resultados de exames laboratoriais podem apresentar sinais de que a pessoa sofre com estresse?

Sim. Principalmente as substâncias que se relacionam com o estresse crônico (o que causa doença), como por exemplo os níveis de cortisol durante o dia.

Portanto, previna-se. Não deixe de passar pelo médico e realizar os exames pedidos por ele. Faça seu pré-agendamento no Femme – Laboratório da Mulher, através do nosso site, telefone (11 3050-9043) e aplicativo para Android e iOS.

mulheres e o stress

O stress pelo Brasil: Causa do Infarto em Mulheres

Uma pesquisa da SulAmérica Saúde feita em 2009 em 12 estados brasileiros…

Uma pesquisa da SulAmérica Saúde feita em 2009 em 12 estados brasileiros revelou um dado preocupante: 51% das mulheres no meio corporativo sofrem de stress.

Segundo o Prof. Dr. Roberto Cardoso, especialista em Medicina Fetal e coordenador do Núcleo do Propósito no Femme – Laboratório da Mulher, nós estamos mais suscetíveis ao problema porque, em algumas situações, precisamos nos moldar ao modelo masculino imposto pelo mercado de trabalho.

Outra razão, de acordo com o médico, seria o modo como algumas pessoas lidam com o stress. A demora para percebermos o problema e desenvolvermos mecanismos – estratégias de coping – para enfrentá-lo.

Isso levou a um aumento nos casos de infarto em mulheres no Brasil. “Quando eu fiz medicina, a relação de infarto entre homens e mulheres era de 9 para 1, 10 para 1. Hoje é de 2 para 1, 3 para 1,” afirma o especialista.

SINTOMAS DE STRESS EM MULHERES

Os sintomas de infarto em mulheres são mais específicos e não se limitam a dores no peito. Se você sentir queimação ou pontadas, agulhadas no peito, ou falta de ar sem dor por mais de 20 minutos, deve procurar uma unidade hospitalar de pronto atendimento para investigar as causas. A pessoa com suspeita de infarto pode apresentar ainda vômitos, suor frio, fraqueza intensa e palpitações.

COMO EVITAR O STRESS

Existem formas de evitar o stress, especialmente no ambiente de trabalho. Uma delas é identificar a fonte do nervosismo como meio de trabalhar melhor o problema. Outra é aprender a delegar tarefas, não querer centralizar tudo. Clique aqui e confira outras dicas.

Verifique se sua saúde está em dia. Para isso, faça seus exames periódicos no Femme, o laboratório com décadas de trabalho dedicado às mulheres. Faça o pré-agendamento no nosso site.

mulher stress

Stress: Você Sabe o Que é Coping?

Stress e Coping. Coping é um termo em inglês, derivado da expressão…

Stress e Coping. Coping é um termo em inglês, derivado da expressão “to cope with”, que em tradução livre significa enfrentar, lidar com uma situação.

Como explica o Prof. Dr. Roberto Cardoso, especialista em Medicina Fetal e coordenador do Núcleo do Propósito no Femme – Laboratório da Mulher:

“Coping é a atitude consciente que você tem diante de uma constatação de stress”.

O stress afeta a todos, mas em um ambiente de trabalho, nós mulheres sofremos mais por causa do preconceito existente na sociedade com relação aos papéis impostos a cada gênero.

DICAS

No nosso blog, você encontra dicas para evitar as consequências do stress no trabalho.

Previna-se, ao menor sinal de que a tensão e o cansaço do dia a dia estão afetando sua saúde, procure um médico e faça seus exames periódicos no Femme, o laboratório com décadas de dedicação às mulheres. Faça o pré-agendamento no nosso site.

mulher stress no trabalho

7 Maneiras de Evitar as Consequências do Stress no Trabalho

O stress afeta tanto a nós quanto aos homens, mas em um…

O stress afeta tanto a nós quanto aos homens, mas em um ambiente de trabalho, mulheres sofrem muito mais por causa do preconceito existente na sociedade com relação aos papéis impostos a cada gênero.

“Quando entra no ambiente de trabalho, a mulher não pode ser muito sensível porque ela é mal interpretada (…) as expressões são pejorativas com relação a isso,” disse a psicóloga Sâmia Aguiar Brandão Simurro, da ABPC – Associação Brasileira de Psicoterapia Cognitiva, durante a Campanha Saúde da Mulher, promovida pelo Femme em 2015.

Veja mais sobre “a mulher, o stress e o ambiente masculino”, no vídeo do Femme – Laboratório da Mulher, para você:

 

Fique atenta às dicas para evitar as consequências do stress no ambiente de trabalho:

  • De olho nos sinais do corpo – cansaço em excesso, irritabilidade, problemas de concentração e memória;
  • Qual é a fonte do stress? Identifique-a para poder trabalhar melhor o problema;
  • Busque o diálogo – a solução para uma questão que pode parecer impossível de resolver pode estar em uma comunicação melhor com colegas de trabalho;
  • O trabalho não pode ocupar toda a sua vida. Busque um hobby, um esporte, saia com as amigas;
  • Atividades físicas ajudam a descomprimir a pressão do dia a dia, e nem precisa de academia. Uma caminhada já ajuda;
  • Durma bem e bastante. Nem todos conseguem, mas o ideal é tentar dormir as 8 horas recomendadas;
  • Proteja seu sistema imunológico. Procure alimentos ricos em vitamina C e zinco, como feijão e iogurte.

E, sempre, verifique se sua saúde está em dia. Para isso, faça seus exames periódicos no Femme, o laboratório com décadas de trabalho dedicado às mulheres. Faça o pré-agendamento no nosso site.