Mulheres Ataques Cardíacos

Mulheres Morrem Mais Após Ataques Cardíacos do que Homens?

De acordo com um estudo realizado recentemente por pesquisadores suecos e britânicos,…

De acordo com um estudo realizado recentemente por pesquisadores suecos e britânicos, sim, nós mulheres temos três vezes mais chance de morrer após um infarto do que os homens.

 

Mas porque isso acontece? Segundo os cientistas, da Universidade de Leeds e do Instituto Karolinska, porque problemas cardíacos geralmente são vistos, mesmo entre médicos, como um mal masculino.

 

Os dados da pesquisa, feita com base em atendimentos feitos em pacientes suecos, mostram que mulheres têm 34% menos chance de serem submetidas a procedimentos para desbloquear artérias e probabilidade 24% menor de receberem prescrição de medicamentos que podem impedir um segundo infarto.

 

PERFIL CARDÍACO

 

Tudo isso porque nós não nos encaixamos no “perfil” da pessoa com doenças cardíacas. “Quando pensamos num paciente que sofreu ataque cardíaco, imaginamos um homem de meia-idade, acima do peso, com diabetes e fumante”, diz o professor Chris Gale, um dos autores da pesquisa.

 

Infelizmente sabemos que essa simplificação não reflete a realidade e problemas do coração afetam cada vez mais mulheres. Aqui mesmo, no blog do Femme – Laboratório da Mulher, falamos sobre o tema.

 

O Prof. Dr. Roberto Cardoso, especialista em Medicina Fetal e coordenador do Núcleo de Propósito no Femme, comentou isso na Campanha Saúde da Mulher.

 

“Quando eu fiz Medicina, a relação de infarto entre homens e mulheres era de 9 para 1, 10 para 1. Hoje é de 2 para 1, 3 para 1”.

 

Por isso, o cuidado com seu corpo deve estar no topo das suas prioridades. Consulte seu médico e pré-agende seus exames no laboratório que há mais de 3 décadas dedica-se à saúde feminina, pelo site do Femme, telefone (11 3050-9043) ou aplicativo para iOS (iPhone, iPad) ou Android.

 

gula

Dia da Gula

Sabia que neste dia 26 é comemorado o Dia da Gula? Mas…

Sabia que neste dia 26 é comemorado o Dia da Gula? Mas não se trata de um dia para se empanturrar até passar mal, pelo contrário! A data foi criada para conscientizar as pessoas sobre o distúrbio alimentar. A gula é como qualquer outro vício.

 

Estudos relacionam a compulsão por comida ao psicológico, pessoas que sofrem com este problema geralmente comem exageradamente como forma de compensação para algum tipo de frustração, já que o mecanismo que gera a sensação de apetite é controlado pelo cérebro.

 

Isso significa que você deve ficar atenta caso a vontade de comer se torne uma coisa exagerada, sem controle. Afinal, a gula pode levar a problemas de saúde bem graves, como a obesidade e doenças cardiovasculares.

 

gula

 

gula: EXCESSOS

 

Lembra daquele ditado, “tudo em excesso faz mal”? Então, amiga, comer é fundamental para a nossa sobrevivência, mas tanto na alimentação, como em outros aspectos da nossa vida, é importante buscar o equilíbrio.

 

Ingerir algum alimento, em pequenas quantidades, a cada três horas, é daquelas dicas que ajudam a inibir a vontade excessiva de comer. Que tal uma fruta?

 

Outra recomendação, que faz bem para o corpo por diversos motivos, é manter-se hidratada, beba cerca de dois litros por dia.

 

E para finalizar, a qualquer sinal de problema de saúde, procure seu médico. A pedido dele, faça seus exames em um laboratório com décadas de dedicação à nossa saúde: Femme – Laboratório da Mulher. Você pode pré-agendar seus exames no Femme a qualquer hora e em qualquer lugar, pelo site ou app para Android e iPhone.

 

Photo credit: hernanpba on Visual Hunt / CC BY-SA

Vai viajar? Dicas para preparar sua mala

Verão e viagens combinam, não acha? Mas tão importante quanto definir o…

Verão e viagens combinam, não acha? Mas tão importante quanto definir o destino e comprar a passagem é arrumar a mala.

 

Sabe quando você vai para a praia e esquece de levar aquele biquíni que comprou justamente para estrear na viagem? Pois é, se você se organizar e planejar a mala com calma, evita que situações como essa aconteçam.

 

A primeira coisa é: escolher a mala mais adequada para a sua viagem. Afinal, não dá ficar semanas longe de casa com uma bagagem de mão, assim como levar uma mala enorme para um final de semana fora só vai te atrapalhar.

 

Photo credit: MowT on Visual hunt / CC BY-ND

ROTEIRO MENTAL

 

Também parece óbvio, mas separe as peças de roupa para levar também levando em consideração a duração da viagem e o que você vai fazer no lugar. Fazer um roteirozinho mental da viagem, imaginando quais roupas você quer usar a cada dia, ajuda.

 

Isso tudo, antes de colocar tudo na mala. E lembre-se, não é só roupa que você tem que levar, por isso, enrole camisetas, peças íntimas, calças, para otimizar os espaços.

 

Sapatos, tênis, qualquer tipo de calçado, não os deixe em contato com as roupas, coloque-os dentro de uma embalagem plástica, como um saquinho de supermercado.

 

Para os produtos de higiene e beleza, leve o indispensável e opte por comprar itens mais básicos, como escovas de dente, ao chegar no seu destino. Além disso, deixe tudo organizadinho e à mão dentro de uma necessaire.

 

Seguindo essas dicazinhas, você vai poder curtir sua viagem sem se preocupar com a mala. Daí é só relaxar e descansar a cabeça e o corpo.

 

Na volta, continue com tudo em ordem visitando seu médico e faça seus exames periódicos no  Femme – Laboratório da Mulher. Faça o pré-agendamento dos exames pelo site, telefone (11 3050-9043) ou aplicativo para iOS (iPhone, iPad) ou Android.

 

ano novo

Comece o Ano Pensando na sua Saúde

2018 já começou e com o novo ano surgem novos desafios, novos…

2018 já começou e com o novo ano surgem novos desafios, novos objetivos, novas conquistas, mas o caminho a ser trilhado para alcançarmos nossas metas neste novo ano, pode ser bem complicado caso não cuidemos do nosso corpo.

Estatisticamente, nós mulheres vivemos cerca de sete anos a mais do que os homens (segundo estimativa do Ministério da Saúde), isso porque desde cedo estamos mais acostumadas a ter nossa saúde acompanhada por médicos, mas o estresse e o corre-corre do cotidiano derrubam qualquer uma.

 

Por isso, uma boa resolução de ano novo é adotar hábitos mais saudáveis, para fortalecer seu corpo, preparando-o para encarar de frente tudo o que 2018 nos reservar:

 

DICAS PARA O ANO NOVO

  1. Não costuma se alimentar bem? Mude isso, mas siga o seu ritmo, não dá pra acordar um dia e decidir trocar a alimentação na marra. Estabeleça uma mudança no cardápio por etapas. Um dia você corta as frituras, no outro você abandona nos refrigerantes. Quando você menos esperar já vai estar se alimentando melhor sem crise;

  2. O mesmo pensamento você pode adaptar para a malhação. A não ser que você já esteja acostumada com as academias, vale mais condicionar seu físico aos poucos. Comece fazendo caminhadas pelo bairro algumas vezes por semana;

  3. Descanse! Se a semana foi longa e o corpo pede uma trégua, deixe a balada para outro dia. Recupere a energia, com isso você vai curtir muito mais a noite.

 

Além disso, que tal se adiantar e já marcar uma consulta com seu médico para realizar seus exames de rotina logo no comecinho do ano? No Femme – Laboratório da Mulher, você pré-agenda seus exames pelo site, telefone (11 3050-9043) ou aplicativo para iOS (iPhone, iPad) ou Android, e realiza eles em um ambiente todo dedicado à saúde feminina.